Econocom torna-se provedor de dados para empresa de saúde

Econocom, engajada na transformação digital de empresas, anuncia ter adquirido o acordo para ser o provedor de dados para empresa de saúde. 

Entregue pelo ministro da saúde Francês, após anuncio da CNIL (Commission Nationale de l'Informatique et des Libertés) e ASIP Santé, como empresa provedora de dados, deve responder a um alto nível de exigência para assegurar a confidencialidade, segurança, integridade e a disponibilidade de dados de saúde ao qual são cofiados. 

Protegidos pelo código de saúde publica ou código da seguridade social, as informações relativas a saúde de uma pessoa são consideradas pela lei de Informação e Liberdade como dados sensíveis. A obtenção desse acordo posiciona assim a Econocom como um provedor expert de dados médicos mais sensíveis.  

« Este acordo comprova nossa expertise e demonstra a capacidade da Econocom em responder aos Standards mais elevados em termos de provedor e de segurança em matéria de saúde e ainda mais, a qualidade dos serviços terceirizados para os seus clientes. » descreve Sébastien Lescop, Directeur d'Agence, Infrastructure Management Services para a Econocom.

Bruno Grossi, Diretor Executivo do grupo, especifica: « Estamos convencidos que a digitalização no meio da saúde é um verdadeiro desafio social, assim como, a digitalização de nosso sistema educativo, no qual somos já bastante engajados. Acelerar a difusão digital no meio médico, trará progressos sensíveis e massivos em todos os outros meios. » Completa « para os estabelecimentos de saúde, o digital permite melhorar o bem-estar dos pacientes e a eficácia dos cuidados. Desenvolver a “e-saúde” facilita o acesso à cuidados e a experiência médica para todos. A potencia do Big Data deve ser usada para aproveitar da eficácia medica ». E conclui « Decidimos seguir uma estratégia ativa de desenvolvimento sobre o mercado com forte potencial e alimentamos grandes ambições para nossos compromissos na área da saúde. »